Canadá com filhos, como faço com a escola?

Tem sido cada vez mais frequente a vinda de famílias para o Canadá e a escola dos filhos é sempre uma grande preocupação. Entender como funciona escola pública para filhos de estudantes internacionais não é tarefa fácil, mas confira abaixo alguns pontos esclarecedores sobre escolas em British Columbia:

Como funciona ensino para filhos de estrangeiros?

De acordo com o Canada Immigration and Citizenship (CIC), todo menor de idade tem direito a escola pública se for filho de cidadão canadense ou residente permanente, ou se for filho de quem possui Study ou Work Permit no Canadá. 

Estudar em escola pública quer dizer ensino gratuito?

Não necessariamente. Estudar inglês não dá direito à ensino gratuito aos filhos, por exemplo. Além dos residentes permanentes, quem estudar em escola pública full time (diploma ou superior) tem direito, assim como se estudar em escola privada (degree ou superior) full time. Portanto, part-time não dá direito, mas pode ter direito pelo cônjuge se este tiver um work permit válido e trabalhar full-time.

Em BC o ensino é gratuito, mas a gratuidade (ou não) varia de cada província. Para saber se você terá que pagar pelo ano escolar de seu filho, você deve se informar diretamente com a escola que pretende matriculá-lo. Lembrando que sempre o direito à escolas públicas dos filhos de residentes temporários valem pelo mesmo período do permit dos pais.

Com quantos anos as crianças vão para escola aqui?

Na província de British Columbia a idade de elegibilidade para escola pública é entre 5 à 18 anos. Para os menores a essa idade existem os os Daycare que são pagos e custam em torno de $1000 a $2000 dólares mensais.

E como faço para saber qual escola é boa para matricular meu filho?

Na realidade você não pode escolher a escola de seu filho. O governo seleciona a instituição de ensino de acordo com o local de sua residência. Por isso, a primeira coisa que você precisa fazer é definir onde morar e, em seguida, entrar em contato com o School Board de sua cidade para se informar sobre a documentação exigida para solicitar a permissão de estudo para seus filhos.

Posso chegar e meu filho já começar a estudar?

As aulas são normalmente iniciadas em setembro e seguem até junho, mas algumas escolas podem aceitar que seu filho comece a estudar em outros períodos do ano.

 

Confira principais School Board de BC:

Vancouver: https://www.vsb.bc.ca/ 

Burnaby: http://www.sd41.bc.ca/ 

North Vancouver: https://www.sd44.ca/Pages/default.aspx

 

Para saber mais sobre cursos no Canadá e informações de intercâmbio solicite um orçamento.

 

Fontes:

http://www.cic.gc.ca/english/helpcentre/answer.asp?qnum=488&top=15

http://www.cic.gc.ca/english/study/minors-documents.asp

http://www.cic.gc.ca/english/resources/tools/temp/students/minor.asp

http://www.cic.gc.ca/english/study/study-minors.asp

https://www.welcomebc.ca/Start-Your-Life-in-B-C/Daily-Life/Education-in-British-Columbia

 

Instituições e programas elegíveis para o PGWP em BC

Se você está pensando em vir estudar no Canadá provavelmente já ouviu falar do PGWP, como é conhecido o Post-Graduation Work Permit. Esta permissão de trabalho é solicitada por estudantes internacionais após a conclusão de seu curso e geralmente tem duração de 8 meses a 3 anos, dependendo do tempo que estudou. Entretanto, apenas algumas instituições de ensino e alguns programas específicos possibilitam os alunos apliquem para esse visto após o término do programa.

Essa permissão de trabalho é indicada para quem quer ficar mais tempo trabalhando no Canadá, ou mesmo para quem pretende aplicar para a residência permanente e futuramente imigrar. Portanto, se você está planejando imigrar futuramente, antes de escolher seu curso.

Preparamos uma lista com as instituições e programas que dão direito a aplicar para o PGWP separadas por províncias. A primeira lista que estamos publicando é a de British Columbia, a província que mais vem crescendo no interesse dos Brasileiros atualmente.

Caso esteja interessado em saber de outras províncias, fique atento para nossas novas publicações em breve.

Instituições e Programas elegíveis: (2014)

  • Adler School of Professional Psychology
    • Master of Arts in Counselling Psychology
    • Master of Arts in Organizational Psychology
    • Master of Arts in Community Psychology
    • Master of Counselling Psychology
    • Master of Counselling Psychology: Art Therapy
    • Doctor of Clinical Psychology
  • Alexander College
    • Associate of Arts Degree
    • Associate of Science Degree
  • Art Institute of Vancouver
    • Bachelor of Applied Design in Graphic Design
    • Bachelor of Applied Design in Interior Design
    • Bachelor of Applied Design in Web Design
    • Bachelor of Science in Game Programming
  • Acsenda School of Management
    • Bachelor of Business Administration in Accounting and International Business Management
    • Bachelor of Business Administration (Generalist, Human Resource Management and Marketing)
    • Bachelor of Hospitality Management
  • British Columbia Institute of Technology
  • Camosun College
  • Capilano University
  • City University of Seattle
    • Master of Counselling
  • City University of Seattle
    • Master of Education – Leadership
  • College of New Caledonia
  • College of the Rockies
  • Columbia College
    • Associate of Arts Degree
    • Associate of Science Degree
  • Coquitlam College
    • Associate of Arts Degree
  • Douglas College
  • Emily Carr University of Art and Design
  • Fairleigh Dickinson University
    • Bachelor of Science in Business Administration
    • Bachelor of Science in Information Technology
    • Bachelor of Arts in Individualized Studies
    • Master of Administrative Science
  • Fraser International College
    • Associate of Arts
  • Justice Institute of British Columbia
  • Kwantlen Polytechnic University
  • Langara College
  • New York Institute of Technology
    • Master of Business Administration
    • Master of Business Administration (Finance)
    • Master of Business Administration (Tourism)
    • Master of Science in Information, Network, and Computer Security
  • Nicola Valley Institute of Technology
  • North Island College
  • Northern Lights College
  • Northwest Community College
  • Okanagan College
  • Quest University Canada
    • Bachelor of Arts and Science
  • Royal Roads University
  • Selkirk College
  • Simon Fraser University
  • Thompson Rivers University
  • Trinity Western University
  • University of the Fraser Valley
  • University of British Columbia
  • University Canada West
    • Bachelor of Arts in Media and Communications
    • Bachelor of Commerce
    • Master of Business Administration
  • University of Northern British Columbia
  • University of Victoria
  • Vancouver Community College
  • Vancouver Island University

Quando solicitar

Após a conclusão do seu curso você tem até 90 dias para dar entrada na sua solicitação.

Duração

O PGWP geralmente é emitido com a mesma duração do curso realizado. Entretanto, geralmente quando o curso tem duração de 2 anos ou mais, muitas vezes a aprovação vem com permissão máxima para trabalhar que é de 3 anos. Sendo assim, aumentando suas chances de conseguir um bom emprego durante esse período e/ou de juntar pontos suficientes para aplicar para a residência permanente.

 

Para saber mais e escolher seu curso clique aqui e peça um orçamento.

 

Outras fontes interessantes para leitura sobre PGWP:

http://www.cic.gc.ca/english/information/applications/guides/5580ETOC.asp#gather

http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad.asp

http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad-who.asp

http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad-how.asp

http://www.learnlivebc.ca/work/PGWPP_Eligibility_in_BC.pdf

O verão de Vancouver que você ainda não conhece

Esperamos tanto pelo verão e agora é hora de aproveitar!! Já parou pra pensar que tem muito o que fazer além de praia, piscina e andar de bike no Stanley Park? Venha conferir 10 dicas de passeios diferentes para aproveitar o dia!

1- Voo de hidroavião

Se você quer ter uma vista panorâmica da cidade de Vancouver e experienciar algo diferente, um passeio de hidroavião é uma boa pedida. Os aviões saem do Harbour (downtown) e oferecem diversas opções de passeios; é possível fazer um vôo de 10 minutos sobrevoando a cidade até uma viagem para Whistler ou Victoria para ver baleias. E o melhor, o preço não é tão caro quanto imaginamos, começa em torno de $89 (adulto).

Para mais informações acesse: http://www.harbourair.com/tours/vancouver/

 

2- Cultus Lake Waterpark

Se está buscando um lugar para se refrescar e também se divertir nesse verão, programe uma visita ao Cultus Lake. É um belo lago e próximo a ele fica o Cultus Lake Waterpark; um parque aquático com tobogãs, hot tubs, áreas de lazer para comer e aproveitar com os amigos e familiares. Além de ser uma ótima opção para quem tem crianças, você pode levar seu animais de estimação, pois eles tem uma área para cuidar do seu bichinho enquanto você se diverte. Os ingressos variam de $13-$30.

Para saber mais acesse: http://www.cultuslake.bc.ca/

 

3- Degustação de vinhos em Kelowna

Aqui não se toma vinho apenas no inverno, inclusive a melhor época para visitar o Vale de Okanagan é no verão, quando tudo acontece! Kelowna possui as melhores vinícolas da região e histórias que tornam seus vinhos únicos. Você terá a chance de ver vistar paisagens belíssimas com lagos majestosos ao fundo das vinícolas e degustar vinhos deliciosos. São 4 as principais vinícolas: Mission Hill, Summerhill, Cedar Creek e Quails Gate. Os preços variam de uma vinícola para outra, da duração do tour e do tipo de degustação. Aproveitem que a vida noturna de Kelowna é bem agitada nesse período!

Para saber mais acesse: https://www.kelowna.ca/

4- Deep Cove

Há apenas 1h de transporte público do centro de Vancouver, na região de North Vancouver, a natureza proporciona paz e diversão. Desde de caiaque, stand up paddle e curtir o sol a restaurantes e vistas bonitas. O destaque vai para a Quarry Rock; uma trilha de aproximadamente 1h30 para contemplar uma vista linda da região. Os caiaques duplos são os mais disputados e custam em média $55 (2hs) e antes de ir embora não deixe de passear no Honey, a casa de donuts mais famosa de Vancouver.

Para saber mais acesse: http://www.deepcovebc.com/

Detalhes sobre opções de caiaques: http://www.deepcovekayak.com/kayak/

5- Joffre Lakes

Um dos lagos mais bonitos da região garantem um passeio muito agradável e fotos incrível nas suas mídias sociais. Há aproximadamente 2h30 de Vancouver (de carro), você encontrará 3 lagos lindos e cristalinos, um bem diferente do outro. A trilha pode ser considerada nível intermediário de dificuldade e tem duração de aproximadamente 2hs de caminhada até o último lago. A água é gelada mas vale um mergulho, afinal, não é todo dia que você pode nadar em águas glaciais e puríssimas! Lá tem estacionamento gratuito, banheiro no primeiro lago e não tem local para comprar comida, então leve um lanchinho. Para fechar o passeio, na volta pare em Whistler para jantar e aproveitar o buchicho da cidade! Vale lembrar que se você é do tipo aventureiro, lá se pode acampar e tem uma taxa de $5.

Para saber mais acesse: http://www.env.gov.bc.ca/bcparks/explore/parkpgs/joffre_lks/

6- Grouse Mountain

A Grouse Mountain é um dos lugares mais visitados da região. No verão, apesar de não ter neve, é uma atração e tanto. Além de ter uma das mais belas vistas, os corajosos encaram a Grouse Grind, um  trilha íngreme e desafiadora (2.9km) para chegar ao topo, de onde avistam os famosos ursos, podem fazer zipline e outras atividades. Lá em cima possuem restaurantes, lojinhas e tudo mais para agradar os turistas. Como fica em North Vancouver, o acesso é fácil de transporte público e também possuem estacionamento (pago). Os ingressos para um dia variam de $16-$45 e para quem fizer a trilha e só for descer é cobrado apenas $10.

Para saber mais acesse: https://www.grousemountain.com/

https://www.vancouvertrails.com/trails/grouse-grind/

7- Lynn Canyon Park

De trilhas, rios com águas cristalinas e muito verde é feito o Lynn Canyon Park. É um parque gratuíto e apesar de mais “rústico” é muito bem cuidado. O parque também possui algumas belas cachoeiras e uma ponte suspensa bem legal. O acesso pode ser feito por transporte público e fica a aproximadamente 15km de Vancouver (em média 1h30 de transporte público e/ou 40min de carro).

Para saber mais acesse: http://lynncanyon.ca/

 

8- Bowen Island

Se você quer curtir a natureza mas não está afim de fazer trilhas, pegue o ferry em Horseshoe Bay e em 20 minutos chegue a aconchegante Bowen Island, uma pequena ilha para curtir aquele clima gostoso de cidade de interior.  O passeio de ônibus até o ferry é bem bonito e agradável, e ao chegar na cidade pode-se fazer caiaque, curtir uma prainha mais deserta (com pedrinhas) e bons restaurantes. O ferry custa aproximadamente $12 (ida e volta).

Para saber mais acesse: https://www.hellobc.com/bowen-island.aspx

9- Rafting

Se você adora natureza, emoção e não tem problema com água fria, esse é o passeio perfeito pra você! Os Raftings mais famosos próximo a Vancouver ficam em Squamish e Chilliwack. Os preços variam em média de $89 a $149.

Para saber mais acesse:

https://www.tourismvancouver.com/activities/water-sports/white-water-rafting/

 

10- Celebration of Light

Um dos eventos mais famosos de Vancouver acontecerá em breve; é uma belíssima competição de fogos de artifício e música entre o Canadá e outros países. Serão 3 dias de festa, e este ano será: 29/07 (sáb) Japão, 02/08 (4a) UK e 05/08 (sáb) Canadá para encerrar o belo festival. É um evento gratuito e realizado na praia English Bay à partir das 22hs.

Para saber mais acesse: https://www.tourismvancouver.com/events/festivals-and-events/celebration-of-light/

 

Se você ainda não está em Vancouver e quer vir estudar, trabalhar e aproveitar tudo que essa cidade incrível tem a oferecer, fale conosco! Acesse www.nexusintercambio.com ou mande email para info@nexusintercambio.com

 

 

Por que tantas empresas de tecnologia estão migrando para Vancouver?

Com o seu mais novo apelido de “Silicon Valley North”, é fácil ver por que tantas empresas de tecnologia e profissionais estão fazendo o movimento oeste para uma terra de novas oportunidades.  A maior cidade da costa oeste do Canadá é conhecida por muitas coisas. É o lar de alguns dos melhores esqui resorts do mundo, é um dos principais locais de filmagem para muitos filmes e programas de TV, e tem um clima invejável. Mas Vancouver tem mais uma razão para se gabar: está rapidamente se tornando um dos principais centros tecnológicos da América do Norte. Com várias grandes empresas de tecnologia na cidade e um estilo de vida exclusivo da Costa Oeste, a comunidade de tecnologia de Vancouver só tende a crescer.

A lista das principais empresas de tecnologia que chamam Vancouver de casa é longa. Com as grandes empresas por perto, mais startups, maior capital e um grande número de candidatos a emprego se reúnem para potenciais oportunidades de trabalho. Para começar, a cidade possui escritórios de empresas conhecidas como Facebook, Microsoft, Amazon e Twitter. Mas esse é apenas o início da lista de grandes empresas que estão presentes no cenário de tecnológica.

Uma das empresas renomadas de tecnologia (os famosos unicórnios tecnológicos do Canadá) é nativa de Vancouver – a plataforma de gerenciamento de mídia social chamada HootSuite. A popular empresa que desenvolve um software de monitoramento de redes sociais hoje emprega quase mil pessoas. Os outros dois unicórnios da cidade incluem as empresas de plataforma de mensagens Slack e a empresa de soluções de segurança Avigilon.

A Comissão Econômica de Vancouver atribui os melhores talentos da região às opções de estudos superiores disponíveis. Quando se trata de educação, a cidade tem excelentes opções para oferecer, principalmente programas que se especializam em cursos de tecnologia. Escolas renomadas, como a RED Academy, oferecem um grande número de cursos Desenvolvimento Web, Design UX Design, e Marketing Digital, além de nomes também conhecidos como BCIT, VFS, The Art Institute, entre outros. Os cursos práticos de desenvolvimento profissional são uma ótima maneira de entrar na indústria de tecnologia, comparados aos programas universitários que exigem um forte investimento financeiro e levam mais de dois anos para serem concluídos.

Ao todo, o setor de tecnologia é um dos maiores empregadores entre os demais setores no país e na província de BC. De acordo com o Centro de Pesquisa de Alta Tecnologia de BC, o setor de tecnologia de Vancouver empregou 86.800 pessoas em todo o país em 2013. Isso é mais do que as indústrias de silvicultura, mineração e petróleo e gás combinados.

Aliado a tudo isso, o governo Canadense em conjunto com a Immigration, Refugees & Citizenship Canada (IRCC) recentemente aprovou um programa para ajudar empresas do setor de tecnologia a recrutar profissionais qualificados. Esse programa chama-se Global Talent Stream e pertence ao Global Skills Strategy e foi desenvolvido para reduzir o tempo de processamento de vistos de trabalho de 6 meses para 2 semanas. Com isso, espera-se que as empresas tenham melhores condições de realizar contratações de mão-de-obra qualificada em um curto espaço de tempo.

A somatória de fatores como as características da cidade, a abundância no número de empresas do ramo, quantidade de programas especializados em tecnologia de qualidade e os esforços do governo em atrair e reter profissionais qualificados na indústria de tecnologia faz de Vancouver uma das melhores opções de destinos para quem almeja um futuro promissor de trabalho e qualidade de vida no Canadá.

Como fazer para me qualificar e conseguir entrar para esse mercado que está transbordando de oportunidades?

Entre em contato com a Nexus e nossa equipe de consultores poderá te ajudar a se preparar para iniciar essa nova etapa na sua vida. Envie uma mensagem para: info@nexusintercambio.com

Dine Out Vancouver : o melhor da gastronomia de Vancouver por até $40

Janeiro em Vancouver costuma ser cinza e molhado, devido ao inverno, e muitas pessoas preferem ficar em casa e jantar por lá mesmo. E também por causa das festas de fim de ano, muitas pessoas costumam gastar menos nesta época do ano.

E por estes motivos, a Cidade de Vancouver promove o Dine-out Vancouver, o maior evento gastronômico do Canadá que reúne os melhores (e alguns dos mais caros) restaurantes da cidade mas por preços fechados e MUITO mais em conta.

Comemorando neste ano sua 15ª edição, o festival oferece uma lista com restaurantes bacanas de todos os cantos do mundo com menus fechados com preços especiais que vão de $20 a $40 por pessoa. Muitos deles, aliás, são harmonizados com cervejas e vinhos produzidos em British Columbia.

São 17 dias de festival nos quais os visitantes podem desfrutar, além dos menus diferenciados nos restaurantes, diversos eventos culinários como aulas de gastronomia, jantares guiados, debates, degustações de vinho e cervejas, promoções especiais em hoteis da cidade e muito mais!

Para se ter uma ideia, muitos restaurantes bacanas e com preços exorbitantes estão participando do evento e oferecem menus tão caprichados como os usuais, mas com preços que vão até $40.

Então esta pode ser sua chance de visitar aquele restaurante que sempre quis mas que o orçamento ainda não permitia, como o Coast, de frutos do mar e o Black and Blue, especializado em carnes, The Keg e Cactus Club, localizados em áreas nobres de downtown, estão na programação.

Deu água na boca? Então escolha seu restaurante ou aula e reserve seu lugar!

O evento começa dia 20 de janeiro e vai até o dia 5 de fevereiro. Os restaurantes participantes, seus menus, e a grade horária com todos os eventos gastronômicos  já estão disponíveis no site!

Corre lá e garanta seu prato, muitos restaurantes esgotam as reservas na primeira semana: http://www.dineoutvancouver.com/

Happy young couple lying on the floor of new house and looking at one another

Como encontrar um lugar para alugar em Vancouver

Decidir mudar de país, seja de forma permanente, para fazer um curso superior, uma pós- graduação ou mesmo curso de línguas não é uma tarefa muito simples, são meses (ás vezes anos) de planejamento para que o sonho canadense saia realmente do papel.

Pagamentos, vistos, despedidas, tudo isso faz parte do pacote antes de desembarcar no novo país. Porém um detalhe que preocupa bastante gente, especialmente aquelas que vão com a família toda é encontrar um local para morar.

Muitas pessoas optam por deixar para alugar só quando chegam no país, no entanto, dependendo da cidade que você está indo e o período do ano (alta ou baixa temporada) esta tarefa pode não ser muito simples e toma muito tempo, pois é preciso pesquisar, visitar o local, aplicar para a vaga (em Vancouver, por exemplo, alguns imóveis possuem uma lista de interessados), conversar com o locatário e finalmente fechar um contrato e mudar para o local escolhido.

Imagine que você está vindo para o Canadá estudar e suas aulas vão começar uma semana após a sua chegada, você vai precisar correr (literalmente) para encontrar um local para alugar e provavelmente vai deixar de visitar vários lugares que poderia conhecer antes de começar a estudar e trabalhar pois estará preocupado em achar uma casa para morar.

Mas bom, na verdade isso não é diferente em nenhum lugar do mundo, certo? Quem mora em grandes cidades do Brasil sabe que também não é tão simples achar um lugar para morar e você precisa ter algumas coisas em mente para facilitar esta busca, e no Canadá não é diferente.

Um ponto positivo aqui do Canadá em relação a aluguel é que é bem menos burocrático que no Brasil. Não tem essa de fiador, apenas um depósito de segurança que geralmente equivale a meio aluguel e que é devolvido no final do contrato, se a casa estiver em bom estado.  

Rolam boatos de que Vancouver é muito mais caro que outras cidades para morar, mas isso não é totalmente verdade se você tem em mente esta lista de prioridades que falei acima, que incluem: localização (central ou mais periféfica), acessibilidade, quantidade de quartos, se o local é pet friendly etc. exatamente como buscar um local em grandes cidades brasileiras.

Mas vamos falar de Vancouver, que é o foco deste texto.

Volto a repetir, não é mentira que Vancouver seja cara, mas também não é verdade que seja mais cara que outras grandes cidades como Toronto e Montreal, o segredo é saber como procurar.

Primeiro de tudo, precisamos pensar na localização. Todo mundo fala que downtown é vida, mas não é bem verdade, pois Vancouver não é uma cidade gigante como São Paulo, por exemplo, não tem o trânsito carioca, o transporte público é excelente e liga todas as partes da cidade.

Então morar em downtown não é obrigatório para fazer parte do burburinho da cidade.

Claro que downtown é mais caro que regiões mais afastadas, por isso, pensar em morar um pouco mais afastado do centro vale a pena para quem quer economizar.

Abaixo mostramos um mapa da região de Vancouver. Quanto mais afastado do centro, geralmente os preços vão melhorando,  mas também depende do tipo de imóvel que você busca, obviamente.

bairros_Vancouver_2008

Se eu estiver muito pequena, clique em mim que eu fico maior!

 

Fora de Vancouver existem cidades mais baratas e próximas do centro, como Richmond, Burnaby, New Westminster e Surrey.

Muitas pessoas acabam escolhendo estas regiões pois elas são realmente mais em conta do que a maioria dos bairros de Vancouver. Quando falamos em “outra cidade” pensamos em Guarulhos, Niterói, Osasco e a distância e o tempo que é gasto para chegar destas regiões ao centro, porém aqui em Vancouver a realidade é outra. Em aproximadamente 30 minutos uma pessoa que mora em Burnaby consegue chegar ao centro de Vancouver por meio do SkyTrain (o metrô daqui).

O que é preciso levar em conta nestas outras regiões é o valor do cartão mensal de transporte público pois a Grande Vancouver é dividida em Zonas.

O mapa acima é de Vancouver Mainland e o valor praticado do transporte é de $91 dólares por mês (que permite viagens “infinitas” em qualquer meio de transporte público, dentro do mês), já Burnaby, Richmond e New Westminster o valor sobe para $124 e Surrey, que está na Zona 3, custa $170.

Então para quem vai precisar de transporte público, precisa levar em consideração estes valores fixos mensais para transporte e ver se vale a pena na hora de fechar o aluguel.

Outra coisa bastante importante é se você tem algum animal de estimação. Vancouver é uma cidade amante dos animais e eles são bem-vindos na maioria dos estabelecimentos comerciais, mas para achar um lugar para morar com eles, especialmente se eles forem maiores, pode encarecer e dificultar um pouco sua busca.

Quem vos escreve, por exemplo, tem uma cadela que pesa por volta de 30 kilos, então, no meu caso, eu não consegui encontrar nenhum imóvel em downtown dentro daquelas prioridades que coubesse no meu bolso, mas encontrei um local mais afastado, no bairro Renfrew- Collingwood, que é otimo, atende minhas necessidades (zona 1, perto do SkyTrain, 2 quartos e claro, pet friendly) e aceita minha cadela por um preço que cabe no meu bolso.

Outro fato importante que vai fazer diferença no valor do aluguel é se a casa é mobiliada ou não. Claro que uma casa mobiliada vai ser mais cara, mas também tem a vantagem do inquilino não precisar se preocupar em sair para comprar móveis, eletrodomésticos, talheres etc, coisas que não são muito baratas. Outra vantagem de alugar um local mobiliado é que caso a pessoa volte para o país de origem, não precisa se preocupar em vender tudo na hora de ir embora. Por outro lado, optar por um local mobiliado, além de ser um pouco mais caro, ele não será exatamente do jeito que você quer, por isso este fato também deve entrar na sua lista de prioridades no momento da busca.

Depósito virtual, nem pensar!

Bom, com tudo isso em mente, muita gente já vai poder fazer a pesquisa com mais filtros, o que vai facilitar e economizar tempo.

Brasileiro normalmente tem a ideia de que porque o Canadá é um país de primeiro mundo, não tem golpe. Tem golpe sim!

Por Vancouver ser uma cidade extremamente turística e com milhares de estudantes internacionais chegando durante todo o ano, a procura de imóveis é bastante concorrida, e os golpistas sabem disso, especialmente em sites de classificados gratuitos, como Craigslist.

Veja um vídeo aqui especialmente sobre este os golpes mais comuns do Craigslist. 

Bom, esperamos que com este texto tenha sido possível perceber que alugar um imóvel em Vancouver não é impossível, porém demanda tempo, paciência e objetivos claros.

Muitas pessoas que já querem chegar aqui com um imóvel certo pois não terão tempo para entrar na fila por um aluguel,  optam por empresas que fazem este serviço enquanto o viajante está no Brasil, e também é super válido do ponto de vista da comodidade e tranquilidade. No entanto, se estiver buscando imóveis por conta própria fora do Canadá, todo cuidado é pouco.

Para quem pretende chegar aqui com a casa ideal à sua espera, existe uma empresa brasileira sediada em Vancouver chamada Bed4Student que é super confiável e conceituada no mercado imobiliário por aqui. Eles possuem diversos tipos de imóveis (homestay, quarto estudantil, apartamento e casa mobiliados ou não) e prestam toda a consultoria em português, antes mesmo de você chegar em Vancouver.

Welcome to Canadá!

 

Kitsilano pool

6 piscinas públicas para aliviar o calor do verão de Vancouver

Quando você programou sua viagem de intercâmbio para Vancouver já sabia que ia passar tanto calor por aqui?

Apesar do tempo quente, o mar continua gelado e às vezes ficar dentro dele acaba sendo uma tortura para algumas pessoas, como para quem vos escreve.

Meu sonho, na verdade, era ter uma mega casa com uma piscina e churrasqueira, nem que fosse uma piscina de plástico para aliviar este calor.

Mas como ainda meus dólares só me compram um café no Tim Hortons, eu alivio a quentura do verão canadense nas piscinas públicas da cidade. Bora lá dar um tchibum?!

 

  1. Kitslano Pool -2305 Cornwall St.

Literalmente do lado da praia de Kits, a piscina tem vista pro mar, quase parece que você está naqueles hotéis chiques do Rio de Janeiro que os famosos sempre postam fotos-ostentação de frente pro mar. Para mim é uma das piscinas mais legais da cidade, apesar da água ser salgada como o mar, mas há quem prefira ela extamente por este motivo, gosto é gosto, né? Ela já está aberta e funciona até o meio de setembro.

Preço: $5

 Kits_Pool

  1. UBC Aquatic Centre – 6121 University Blvd.

Se você for estudante da UBC, já deve saber e faz uso gratuito dessa piscina (quem pode, pode). A piscina é indoor e beeem grande e tem até sauna seca e à vapor. É uma piscina mais voltada para os jovens e raramente tem crianças por lá… ela fica aberta o ano todo.

Preço: $6, gratuita para estudantes UBC.

ubc pool

Photo http://sporthostingvancouver.ca/

  1. Second Beach Pool – 8501 Stanley Park Dr.

Esta talez seja a piscina com o “ambiente” mais bonito, digamos assim, pois ela é cercada pelas árvores do Stanley Park. Apesar de ser descoberta, a água é aquecida (na medida exata), perfeita para passar o dia com os amigos ou dar um mergulho após uma seção de exercícios no parque. Aberta de maio a meio de setembro.

Preço: $5

SecondBeachPool

Photo https://www.bevancouver.com

  1. Vancouver Aquatic Centre – 1050 Beach Ave.

Para quem gosta de praticar natação como esporte esta é uma das melhores opções, a piscina é muito grande, tem várias raias, alguns trampolins, hidromassagem e sauna. Você pode comprar o passe para um dia ou até para 12 meses.

Preço: $5 o dia.

vancouver aquatic center

Photo http://www.vancouversun.com/

 

  1. Hillcrest Park Aquatic Centre – 4575 Clancy Loranger Way

Em horários de pico ela fica bem cheia, mas tem a opção de piscina indoor bem grande e uma menor outdoor, além de sauna e hidromassagem. Também oferece passes mensais.

Preço: $5 o dia.

hillcrest aquatic centr

Photo @Vancitybuzz

 

6.     New Brighton Pool – Hastings-Sunrise

Dentro do New Brighton Park, a piscina descoberta é aquecida. Por estar dentro do parque você pode fazer um picnic ou jogar bola antes de dar um mergulho.

 Preço: $5

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Photo https://cityhallwatch.com

 

 

Outdoor Movies

Dica de Verão: Cinema ao ar livre no Stanley Park – Programação

Um dos eventos mais esperados do verão já está (quase) de volta para alegrar nossos finais de tarde aqui em Vancouver. O Evo Summer Cinema at Stanley Park começa dia 5 de julho e vai até o dia 23 de agosto.

outdoor-movies-984x500

Photo by @Vancitybuzz

Uma tela gigantesca será instalada no maior parque de Vancouver, transformando o local em um cinema ao ar livre capaz de acomodar milhares de pessoas durante as seções.

Apesar de ser verão, é sempre bom levar uma coberta, canga ou até mesmo uma cadeira de praia. Vale lembrar que este é um evento para todas as idades, então álcool e fumaça (seja natural ou industrializada, if you know what I mean) estão proibidos por lá. Para quem for de bike até o local poderá contar com serviço de valet, inclusive.

Por ser um evento bastante popular, é recomendado chegar cedo para garantir um bom local para se sentar. Antes dos filmes começarem sempre há alguma atividade, como jogos, prêmios e food trucks.

Fresh-Air-Cinema-960x500

Photo By @Vancitybuzz

Programação:

5 de julho: The Outsiders  – Vidas sem Rumo – (1983)

12 de julho: Napoleon Dynamite (2004)

19 de julho: A pequena Sereia (1989)

26 de julho: Programação especial da Semana do Orgulhor gay <3

2 de agosto: Star Wars – O despertar da força (2015)

9 de agosto: Labirinto (1986)

16 de agosto: Purple Rain (1984)

23 de agosto: Dirty Dancing  – Dirty Dancing: Ritmo Quente (1987)

Quando: todas às terças-feiras, de 5 de julho a 23 de agosto.

Horário: Pôr-do-sol, é sempre bom dar uma checada qual será o horário do sol poente, esta será sua melhor indicação para não perder o começo do filme.

Onde: Ceperley Meadows (Second Beach), Stanley Park

Entrada: gratuita

 

Comida brasileira no Canadá

Saudades da nossa boa e velha comidinha brasileira?

A maioria das pessoas que sai do seu país de origem muita vezes comenta sobre a falta que faz uma comidinha típica, um temperinho especial ou mesmo aquele docinho preferido da terra natal.

Há pessoas que às vezes desistem de ficar em outro país por não se adaptar à culinária local.

Normalmente este não é o caso dos brasileiros pois normalmente somos bastante adaptáveis, mas uma comidinha mais familiar, ou uma embalagem em português, pode ajudar a matar a saudades do nosso querido país que, modéstia a parte, tem uma das melhores comidas do mundo, em termos de sabor e de saúde.

E isso aí não sou eu quem está dizendo, mas diversos sites de nutrição dos EUA usam uma cartilha brasileira sobre a boa alimentação, veja mais aqui .

No Canadá existem diversos restaurantes tipicamente brasileiros que servem feijoada, churrasco, arroz e feijão etc, mas nem sempre é possível comer fora e ás vezes cozinhar em casa para amigos estrangeiros também é super legal!

Em Vancouver downtown, mais precisamente na Burrard com Davie, tem uma lojinha chamada Maple Leaf que vende diversas comidas brasileiras!!

comida brasileira JPG

 

De café e suco a coxinha e biscoito de polvilho, a loja diz estar recebendo cada vez mais brasileiros em busca de aperitivos brasileiros, e que a cada mês precisa aumentar a quantidade de pedidos das guloseimas.

batata palha bolinho de chuva e creme de ceboladoce de leite passatempopao de quijocoxinha empada quibe e esfiha

 

Experimentamos a Coxinha e a Empada: a coxinha não tem catupiry mas é capaz de matar a vontade, a empada é bem gostosa e molhadinha: passaram no teste brazuca =)

Antes que eu esqueça, nunca tinha provado isso no Brasil, mas o milk shake de paçoca também DEVE ser provado hehe.

refoga e frijaomaple leaf comida brsuco

Como a lojinha é pequena e tem outros tipos de comida, às vezes no final do mês as opções são um pouco menores, mas vale a pena dar uma conferida para quem sabe, neste próximo domingo acordar com aquele cheirinho de pão de queijo saindo do forno, hum, diliça!