Instituições e programas elegíveis para o PGWP em Ontario

Se você está planejando vir estudar no Canadá possivelmente já ouviu falar do Post-Graduation Work Permit (PGWP), que é uma permissão de trabalho solicitada por estudantes internacionais após a conclusão de seu curso. Entretanto, não são todas as instituições de ensino e programas oferecidos no mercado que possibilitam os alunos apliquem para esse visto.

Conforme prometemos na matéria anterior sobre Intituições e programas elegíveis para o PGWP em BC, disponibilizamos agora a segunda lista com as instituições e programas que dão direito à aplicar para o PGWP; esta referente a província de Ontario, a província de maior potência industrial no país.

Essa permissão de trabalho é indicada para quem quer ficar mais tempo trabalhando no Canadá, ou mesmo para quem pretende aplicar para a residência permanente (PR) e futuramente imigrar.

Caso esteja interessado em saber de outras províncias, fique atento para nossas novas publicações em breve.

Instituições e Programas elegíveis: (Atualizada)

  • Algonquin College of Applied Arts and Technology
  • Algoma University
  • Brock University including affiliated institution: Concordia Lutheran Seminary
  • Cambrian College of Applied Arts and Technology
  • Canadore College of Applied Arts and Technology
  • Carleton University
  • Centennial College
  • Collège Boréal
  • Conestoga College Institute of Technology and Advanced Learning
  • Confederation College of Applied Arts and Technology
  • Durham College of Applied Arts and Technology
  • Fanshawe College of Applied Arts and Technology
  • Fleming College
  • George Brown College of Applied Arts and Technology
  • Georgian College of Applied Arts and Technology
  • Humber College Institute of Technology and Advanced Learning
  • La Cité collégiale
  • Lambton College of Applied Arts and Technology
  • Lakehead University
  • Laurentian University including affiliated institutions: Huntington University, Université de Hearst, University of Sudbury and Thorneloe University
  • Loyalist College of Applied Arts and Technology
  • McMaster University including affiliated institution: McMaster Divinity College
  • Mohawk College of Applied Arts and Technology
  • Niagara College of Applied Arts and Technology
  • Nipissing University
  • Northern College of Applied Arts and Technology
  • OCAD University
  • Queen’s University including affiliated institution: Queen’s Theological College
  • Ryerson University
  • Sault College of Applied Arts and Technology
  • Seneca College of Applied Arts and Technology
  • Sheridan College Institute of Technology and Advanced Learning
  • St. Clair College of Applied Arts and Technology
  • St. Lawrence College of Applied Arts and Technology
  • The Michener Institute of Applied Health Sciences
  • Trent University
  • University of Guelph including affiliated institutions: Collège d’Alfred, Kemptville College and Ridgetown College
  • University of Ontario Institute of Technology
  • University of Ottawa including affiliated institution: St. Paul University
  • University of Toronto
  • University of Toronto including affiliated institution: Toronto School of Theology
  • University of Waterloo including affiliated institutions: Conrad Grebel University College, Renison College, St. Jerome’s University, St. Paul’s United College and Waterloo Lutheran Seminary
  • University of Western Ontario including affiliated institutions: Brescia College, Huron College, King’s College and St. Peter’s Seminary
  • University of Windsor
  • Wilfrid Laurier University
  • York University

Quando solicitar

Após a conclusão do seu curso você tem até 90 dias para dar entrada na sua solicitação.

Duração

O PGWP geralmente é emitido com a mesma duração do curso realizado. Entretanto, geralmente quando o curso tem duração de 2 anos ou mais, muitas vezes a aprovação vem com permissão máxima para trabalhar que é de 3 anos. Sendo assim, aumentando suas chances de conseguir um bom emprego durante esse período e/ou de juntar pontos suficientes para aplicar para a residência permanente.

 

Confira aqui a lista de instituições e programas elegíveis em British Columbia .

Para saber mais e escolher seu curso clique aqui e peça um orçamento.

 

Outras fontes interessantes para leitura sobre PGWP:

http://www.ontarioimmigration.ca/en/study/OI_HOW_STUDY_INTL_GRAD.html

http://www.cic.gc.ca/english/information/applications/guides/5580ETOC.asp#gather

http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad.asp

RED Academy reinventa a educação em Vancouver

Existem as faculdades tradicionais de publicidade e design que se estuda durante 4 anos, existem os famosos boot camps que você adquire habilidades em intensas 12 semanas, e existe a RED Academy, um College completamente diferente que oferece cursos inovadores, de 3 a 24 meses, nas áreas de desenvolvimento de web e aplicativos, UX design e marketing digital.

Na publicação do jornal Georgia Straight, a gerente de admissões do College,Ciara Hamagishi, conta que RED é abreviação de “redefining education”, que significa redefinindo educação, pois o principal objetivo da RED Academy é oferecer um ensino inovador, uma experiência única de estudo e trabalho para os jovens que vem se aventurar no Canadá, através de um método exclusivo oferecendo o que há de mais tecnológico no mercado de digital.

O principal diferencial é que o college é a réplica de um ambiente de trabalho, como uma agência de publicidade, e isso não se limita apenas ao espaço colorido e descontraído, pois na RED os alunos trabalham com clientes reais como startups e ONGs. Geralmente no período da manhã os professores não falam mais do que 15/20 minutos e na sequência os alunos já colocam em prática aquilo que foi ensinado, e no período da tarde são realizadas reuniões com seus clientes e juntos desenvolvem projetos promissores, assim adquirindo conhecimento e experiência de como funciona o mercado na prática.

A RED Academy foi inaugurada em Vancouver em 2015 e fica localizada na West Broadway. Hoje já possui campus em Toronto (Ontário) e Londres (Inglaterra) e busca cada vez formar mais jovens qualificados. Além de possuir um time de coaching de carreira para auxiliarem os alunos, realiza feiras profissionais para que os estudantes mostrem seu talento e criatividade aos recrutadores. Como diz Hamagishi “Nossa garantia, é que desde que os estudantes se dediquem, trabalharemos com cada um deles até se posicionarem no mercado de trabalho.”

Veja a matéria na íntegra aqui: https://www.straight.com

Para saber mais sobre a Red Academy, fale com a Nexus Intercâmbio e solicite um orçamento.

 

Instituições e programas elegíveis para o PGWP em BC

Se você está pensando em vir estudar no Canadá provavelmente já ouviu falar do PGWP, como é conhecido o Post-Graduation Work Permit. Esta permissão de trabalho é solicitada por estudantes internacionais após a conclusão de seu curso e geralmente tem duração de 8 meses a 3 anos, dependendo do tempo que estudou. Entretanto, apenas algumas instituições de ensino e alguns programas específicos possibilitam os alunos apliquem para esse visto após o término do programa.

Essa permissão de trabalho é indicada para quem quer ficar mais tempo trabalhando no Canadá, ou mesmo para quem pretende aplicar para a residência permanente e futuramente imigrar. Portanto, se você está planejando imigrar futuramente, antes de escolher seu curso.

Preparamos uma lista com as instituições e programas que dão direito a aplicar para o PGWP separadas por províncias. A primeira lista que estamos publicando é a de British Columbia, a província que mais vem crescendo no interesse dos Brasileiros atualmente.

Caso esteja interessado em saber de outras províncias, fique atento para nossas novas publicações em breve.

Instituições e Programas elegíveis:

  • Adler School of Professional Psychology
    • Master of Arts in Counselling Psychology
    • Master of Arts in Organizational Psychology
    • Master of Arts in Community Psychology
    • Master of Counselling Psychology
    • Master of Counselling Psychology: Art Therapy
    • Doctor of Clinical Psychology
  • Alexander College
    • Associate of Arts Degree
    • Associate of Science Degree
  • Acsenda School of Management
    • Bachelor of Business Administration in Accounting and International Business Management
    • Bachelor of Business Administration (Generalist, Human Resource Management and Marketing)
    • Bachelor of Hospitality Management
  • British Columbia Institute of Technology (BCIT)
  • Camosun College
  • Capilano University
  • City University of Seattle
    • Master of Counselling
    • Master of Education – Leadership
  • College of New Caledonia
  • College of the Rockies
  • Columbia College
    • Associate of Arts Degree
    • Associate of Science Degree
  • Coquitlam College
    • Associate of Arts Degree
  • Douglas College
  • Emily Carr University of Art and Design
  • Fairleigh Dickinson University (FDU)
    • Bachelor of Science in Business Administration
    • Bachelor of Science in Information Technology
    • Bachelor of Arts in Individualized Studies
    • Master of Administrative Science
  • Fraser International College
    • Associate of Arts
  • Justice Institute of British Columbia
  • Kwantlen Polytechnic University (KPU)
  • Langara College
  • New York Institute of Technology (NYIT)
    • Master of Business Administration
    • Master of Business Administration (Finance)
    • Master of Business Administration (Tourism)
    • Master of Science in Information, Network, and Computer Security
  • Nicola Valley Institute of Technology
  • North Island College
  • Northern Lights College
  • Northwest Community College
  • Okanagan College
  • Quest University Canada
    • Bachelor of Arts and Science
  • Royal Roads University
  • Selkirk College
  • Simon Fraser University (SFU)
  • Thompson Rivers University (TRU)
  • Trinity Western University
  • University of the Fraser Valley
  • University of British Columbia (UBC)
  • University Canada West (UCW)
    • Bachelor of Arts in Media and Communications
    • Bachelor of Commerce
    • Master of Business Administration
  • University of Northern British Columbia
  • University of Victoria (UVic)
  • Vancouver Community College (VCC)
  • Vancouver Island University

Quando solicitar

Após a conclusão do seu curso você tem até 90 dias para dar entrada na sua solicitação.

Duração

O PGWP geralmente é emitido com a mesma duração do curso realizado. Entretanto, geralmente quando o curso tem duração de 2 anos ou mais, muitas vezes a aprovação vem com permissão máxima para trabalhar que é de 3 anos. Sendo assim, aumentando suas chances de conseguir um bom emprego durante esse período e/ou de juntar pontos suficientes para aplicar para a residência permanente.

 

Para saber mais e escolher seu curso clique aqui e peça um orçamento.

Para conhecer as Instituições e programas elegíveis para o PGWP em Ontario, clique aqui

Outras fontes interessantes para leitura sobre PGWP:

http://www.cic.gc.ca/english/information/applications/guides/5580ETOC.asp#gather

http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad.asp

http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad-who.asp

http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad-how.asp

http://www.learnlivebc.ca/work/PGWPP_Eligibility_in_BC.pdf

Validação e equivalência de diploma, diferenças e quando fazer

Muito tem se falado de validação e equivalência de diploma mas a confusão ainda prevalece, então vamos te ajudar a entender a diferença entre eles para que possa analisar qual é a melhor solução pra você, pois são processos diferentes e que dependem do objetivo de cada um.

Além do sistema de ensino ser muito diferente nos dois países, existem profissões que são regulamentadas no Canadá e para ter a licença para exercer a profissão é preciso fazer a equivalência de diploma. Por outro lado, quem deseja estudar ou aplicar para um programa de imigração no Canadá talvez seja necessário fazer a validação de diploma.

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que validação de diploma no Canadá, é conhecida como Educational Credential Assessment (ECA), e é indicada para apenas comparar e legitimar o que estudou no Brasil. Além de estudos ele também pode ser necessário para ganhar pontos nos processos de imigração como o Provincial Nominee Program (PNP) ou Express Entry. Por outro lado, em casos de pessoas que queiram trabalhar com cargos específicos em profissões regulamentadas que tenham exigência de obter licença, como em medicina, direito e engenharia, para que possa atuar nessa área aqui no Canadá é preciso além da validação, fazer também a equivalência de diploma. Esse processo de avaliação é feita por órgãos regulatórios (Regulatory Process Evaluation).

Confira quando usar cada um dos processos e como isso impactará na sua vida profissional no Canadá:

Como vimos acima, se você tem o intuito de aplicar para a imigração, você precisa apenas providenciar o ECA mas isso pode não significar que você estará apto para exercer determinadas funções sem antes ter feito a avaliação de algum órgão regulatório.

No caso de estudo como uma pós graduação, pode ser que você precise validar seu diploma e isso dependerá das exigências da instituição em questão, lembrando que estudates internacionais tem permissão para trabalhar 20 horas por semana durante o programa, mas para atuar em uma área regulamentada precisará fazer a equivalência (Regulatory Process Evaluation).

Você pode muitas vezes trabalhar na sua área mas em posições que não exijam uma licença, como por exemplo na área de arquitetura apenas quem assinará o projeto precisará ter esse reconhecimento, então se você for assistente poderá atuar sem precisar fazer a equivalência neste momento, mas considerando que você deseja continuar nessa área e crescer na carreira é importante se planejar pois aí sim será necessário.

Para saber mais sobre validação de diploma confira o depoimento de nosso cliente Fabiano Mello que conta um pouco da sua experiência, o passo a passo e órgãos regulamentadores nesse post.

Para saber mais informações sobre estudos no Canadá, fale com a Nexus Intercambio: info@nexusintercambio.com

 

Por que tantas empresas de tecnologia estão migrando para Vancouver?

Com o seu mais novo apelido de “Silicon Valley North”, é fácil ver por que tantas empresas de tecnologia e profissionais estão fazendo o movimento oeste para uma terra de novas oportunidades.  A maior cidade da costa oeste do Canadá é conhecida por muitas coisas. É o lar de alguns dos melhores esqui resorts do mundo, é um dos principais locais de filmagem para muitos filmes e programas de TV, e tem um clima invejável. Mas Vancouver tem mais uma razão para se gabar: está rapidamente se tornando um dos principais centros tecnológicos da América do Norte. Com várias grandes empresas de tecnologia na cidade e um estilo de vida exclusivo da Costa Oeste, a comunidade de tecnologia de Vancouver só tende a crescer.

A lista das principais empresas de tecnologia que chamam Vancouver de casa é longa. Com as grandes empresas por perto, mais startups, maior capital e um grande número de candidatos a emprego se reúnem para potenciais oportunidades de trabalho. Para começar, a cidade possui escritórios de empresas conhecidas como Facebook, Microsoft, Amazon e Twitter. Mas esse é apenas o início da lista de grandes empresas que estão presentes no cenário de tecnológica.

Uma das empresas renomadas de tecnologia (os famosos unicórnios tecnológicos do Canadá) é nativa de Vancouver – a plataforma de gerenciamento de mídia social chamada HootSuite. A popular empresa que desenvolve um software de monitoramento de redes sociais hoje emprega quase mil pessoas. Os outros dois unicórnios da cidade incluem as empresas de plataforma de mensagens Slack e a empresa de soluções de segurança Avigilon.

A Comissão Econômica de Vancouver atribui os melhores talentos da região às opções de estudos superiores disponíveis. Quando se trata de educação, a cidade tem excelentes opções para oferecer, principalmente programas que se especializam em cursos de tecnologia. Escolas renomadas, como a RED Academy, oferecem um grande número de cursos Desenvolvimento Web, Design UX Design, e Marketing Digital, além de nomes também conhecidos como BCIT, VFS, entre outros. Os cursos práticos de desenvolvimento profissional são uma ótima maneira de entrar na indústria de tecnologia, comparados aos programas universitários que exigem um forte investimento financeiro e levam mais de dois anos para serem concluídos.

Ao todo, o setor de tecnologia é um dos maiores empregadores entre os demais setores no país e na província de BC. De acordo com o Centro de Pesquisa de Alta Tecnologia de BC, o setor de tecnologia de Vancouver empregou 86.800 pessoas em todo o país em 2013. Isso é mais do que as indústrias de silvicultura, mineração e petróleo e gás combinados.

Aliado a tudo isso, o governo Canadense em conjunto com a Immigration, Refugees & Citizenship Canada (IRCC) recentemente aprovou um programa para ajudar empresas do setor de tecnologia a recrutar profissionais qualificados. Esse programa chama-se Global Talent Stream e pertence ao Global Skills Strategy e foi desenvolvido para reduzir o tempo de processamento de vistos de trabalho de 6 meses para 2 semanas. Com isso, espera-se que as empresas tenham melhores condições de realizar contratações de mão-de-obra qualificada em um curto espaço de tempo.

A somatória de fatores como as características da cidade, a abundância no número de empresas do ramo, quantidade de programas especializados em tecnologia de qualidade e os esforços do governo em atrair e reter profissionais qualificados na indústria de tecnologia faz de Vancouver uma das melhores opções de destinos para quem almeja um futuro promissor de trabalho e qualidade de vida no Canadá.

Veja nossa Facebook Live sobre o tema: Mercado de Tecnologia no Canadá

Live Nexus Intercâmbio – 15 minutosTema: Mercado de Tecnologia no CanadáEntre em contato conosco: info@nexusintercambio.com

Posted by Nexus Intercâmbio on Thursday, July 20, 2017

Como fazer para me qualificar e conseguir entrar para esse mercado que está transbordando de oportunidades?

Entre em contato com a Nexus e nossa equipe de consultores poderá te ajudar a se preparar para iniciar essa nova etapa na sua vida. Envie uma mensagem para: info@nexusintercambio.com

Entenda o que é o Co-op e sua importância.

Está começando a procurar opções de colleges e programas de estudos no Canadá e provavelmente já ouviu falar desse termo mas ainda não entende tudo sobre o assunto?

Muita gente se confunde um pouco com o nome e também não entende como que esses programas funcionam. Afinal, o que é o Co-op, qual a função e importância de contratar um programa que oferece essa opção?

Veja mais abaixo alguns detalhes e entenda um pouco mais sobre esse programa para saber se o Co-op é uma boa opção para você atingir seus objetivos no Canadá.

O que é o Co-op?

Esses programas são conhecidos por oferecer metade das horas de ensino de forma prática, que é geralmente na segunda metade do programa, para que o estudante possa colocar em prática o que aprendeu em sala de aula. Portanto, é como se fosse o estágio obrigatório das faculdades no Brasil, com a diferença que o trabalho é remunerado, deve ser realizado na sua área de estudo, sendo, portanto, uma grande oportunidade para adquirir experiência prática na área de estudos escolhida, melhorar o inglês e ainda oferece a possibilidade de entrar no mercado de trabalho canadense através de contatos profissionais. Ou seja, essa não somente é sua oportunidade adquirir experiência de trabalho internacional, mas também de mostrar a qualidade do seu trabalho, e também auxiliar nas despesas durante os estudos.

Como funciona o programa

São cursos de ensino superior, geralmente em nível técnico, vocacional ou tecnólogo, com duração de até 2 anos, divididos em 2 etapas: período acadêmico + período de trabalho. Alguns colleges obrigam os alunos a realizar um último período acadêmico conclusivo após o estágio de 1 ou 2 semanas somente.

Quando e quantas horas pode trabalhar?

Todos os estudante podem trabalhar part-time (20hs semanais) durante a primeira metade acadêmica, ou seja, estuda e trabalha ao mesmo tempo e, ao iniciar o período de estágio, pode trabalhar full-time (40hs semanais).

O College te ajudará a se preparar e a aprender a ir atrás de oportunidades. Muitas vezes o College consegue ajudar introduzindo os alunos para empresas, mas a responsabilidade de conseguir a vaga é do próprio estudante (tem que passar na entrevista). Funciona dessa forma pois por se tratar de um estágio remunerado, a empresa quer avaliar os candidatos antes de contratar. Se o aluno encontrar algo bacana e quiser, pode aplicar por conta própria, não precisa esperar a escola iniciar o processo (por sinal é recomendado, isso mostra mais proatividade por parte do estudante).

Benefícios do Programa Co-op

  • Aplica na prática tudo que aprendeu no College
  • Ganha experiência canadense (muito importante para iniciar sua carreira no Canadá)
  • Oportunidade de trabalhar na sua área
  • Facilita sua entrada no mercado de trabalho após conclusão do curso
  • Possibilita iniciar seu network profissional na região
  • Ajuda a aprimorar o inglês
  • Auxiliará a pagar as despesas durante o tempo de estadia no Canadá
  • Prepara o aluno para seu futuro no Canadá, seja para um emprego efetivo ou para ingressar em uma universidade
  • Possibilita um visto mais extenso do que quem estuda inglês apenas
  • Permite fazer um “test-drive” para conhecer como o mercado funciona, como os canadenses trabalham e decidir se é isso mesmo que quer para a sua vida profissional

Veja outros vídeos sobre estudo e trabalho no Canadá no nosso Canal do Youtube, clique aqui

Quais tipos de Colleges oferecem esse programa?

Os Programas de Co-op são oferecidos em Colleges tanto públicos como privados. Seguem alguns dos Colleges que possuem o programa de Co-op:

 

Vancouver:

  • Arbutus College (privado)
  • Capilano College (público)
  • Canadian College (privado)
  • Cornerstone College (privado)
  • Douglas College (público)
  • Greystone College (privado)
  • ILAC International College (privado)
  • ITD (privado)
  • Langara College (público)
  • RED Academy (privado)
  • SELC Career College (privado)

 

Toronto:

  • Centennial College (público)
  • Conestoga (público)
  • Evergreen College (privado)
  • George Brown College (público)
  • Greystone College (privado)
  • Humber College (público)
  • ILAC International College (privado)
  • Seneca (público)

 

Quem pode se matricular?

É preciso ter um nível de inglês mínimo (varia de acordo com cada programa), mutas vezes alguns programas possuem exigências de formação superior prévia, mas na maioria dos casos basta ter formação do ensino médio. Para poder iniciar o estágio é preciso participação nas aulas, passar nas matérias e concluir a primeira metade do curso (parte acadêmica). Lembrando que quanto melhor seu desempenho acadêmico, mais altas as suas chances de ser admitido no programa e conseguir um bom emprego.

 

Para saber mais mande um email para: info@nexusintercambio.com ou solicite um orçamento em http://nexusintercambio.com/solicitacao-de-orcamento

 

By Maria Freire

Aprenda como se destacar no mercado canadense.

Você sabia que uma das principais ferramentas de busca de emprego no Canadá é o LinkedIn? Aprenda dicas de como melhorar seu perfil e conseguir um emprego na sua área!

 

Foto

Primeiro passo é colocar uma foto, pois aumentará muito a visualização de seu perfil. Lembrando que é uma mídia social profissional, portanto sua foto deve ser adequada à essa plataforma. Não precisa ser uma foto extremamente formal e séria como a do seu passaporte, mas o ideal é usar uma que represente sua área de atuação, sem a galera, cachorro e namorado como ás vezes se usa no Facebook.

 

 

Experiências

Quanto mais completo e atualizado for o seu perfil, melhor. Lembre de inserir informações como: profissão, cargo, histórico acadêmico, locais que trabalhou, projetos realizados e quais metas atingiu. Lembrando que é importante definir bem seu cargo para facilitar suas buscas pelo emprego ideal. Se no Brasil você era gerente e aqui é estagiário, é importante deixar isso claro, para facilitar a busca dos recrutadores.

Palavras-chave

Usar palavras-chave no LinkedIn é essencial para aumentar a visibilidade do seu perfil. Diante de milhares de currículos que os profissionais de RH visualizam diariamente, é impossível selecionar manualmente, então hoje é bem comum utilizarem ferramentas automatizadas; e no LinkedIn, é através de palavras-chave que encontram os potenciais contratados. Essas palavras você deve escolher de acordo com suas qualificações e diferenciais, pois hoje as empresas valorizam pessoas verdadeiras e únicas, que alinhem seus valores aos da companhia, sendo assim, evite palavras clichês e frases prontas. Lembrando que o lugar mais importante para colocar as palavras-chave é no título profissional e no resumo.

Resumo

O resumo do seu perfil no site é o primeiro ponto que os recrutadores irão ver, então é importante concentrar suas habilidades, experiências e interesses de forma objetiva em aproximadamente dois ou três parágrafos. 

Conexões

Se conectar com pessoas e participar de grupos é essencial. É importante interagir com suas conexões como mandar parabéns a um contato por um novo emprego, por exemplo.

Considerando que no Canadá você ainda não conhece muita gente vale lembrar de seus professores, colegas de classe e até mesmo buscar contatos de pessoas em empresas locais. Em geral, é bem visto quando for adicionar alguém, você se apresentar ou lembrar a pessoa de onde se conheceram.

Recomendar pessoas

Quando você recomenda as pessoas por suas habilidades, é comum que elas façam o mesmo com você. Sendo assim seu perfil vai ganhando qualificações e força.

Participações

Entre com frequência, siga empresas que admire, seja presente na rede e compartilhe novidades em sua área de atuação. É importante ser visto!

Idiomas

Se você quer manter seu perfil em português mas para o Canadá precisa se apresentar em inglês, no Linkedin é possível abrigar perfis em línguas diferentes dentro da mesma URL. É preciso clicar em “Ver perfil como” e selecionar a opção “Criar perfil em outro idioma” e aí traduzir o conteúdo espelhado. 

Dicas extra:

10 dicas para conseguir emprego no Canadá

Confira dicas para conseguir trabalho na sua área no Canadá!

Posted by Nexus Intercâmbio on Sunday, July 16, 2017

Essa não é uma rede social para reclamações e discussões e sim atualizações e debates intelectuais. É importante sempre manter uma postura profissional.

Confie no seu potencial e boa sorte!

 

By Maria Freire

Você já ouviu falar que para trabalhar precisa tirar o seu SIN number mas não sabe como faz?

O que é?

O SIN é o Social Insurance Number, um número que é gerado para cada indivíduo que dá permissão para trabalhar legalmente no Canadá. É como se fosse a nossa carteira de trabalho, onde ficará registrado todos os trabalhos realizados no país.

Quem pode tirar?

Além dos canadenses, todos os estudantes internacional que possuem work permit e passaporte válidos pode tirar seu SIN.

Quando tirar?

Se desejar, é possível solicitar no mesmo dia que entrar no país.

Onde tirar?

Basta dirigir-se ao órgão de recursos humanos e desenvolvimento social e solicitar. Em Vancouver fica no Sinclair Center,  na Hastings Street, 457, unidade 125. (ao lado da estação Waterfront do Skytrain)

Clique aqui par saber o local mais próximo a você.

Qual custo?

Gratuito e sai na mesma hora que solicitar.

O que levar?

Documentos originais:

– Passaporte

– Work Permit

– Work Study

– Comprovante de residência (não tem problema se for temporário)

Quando usará?

Quando o empregador decidir te contratar ele pedirá seu SIN, fará o registro e devolverá o documento para você.

Como é o documento?

Diferente do Brasil que é uma carteira com anotações e carimbos, é uma folha simples com seus dados e seu número pessoal. O registro é todo feito eletronicamente e não neste documento.

Dicas:

– Guarde o documento em um lugar seguro. Quando for viajar, não leve ele junto com o passaporte para não correr o risco de perder.

– O SIN Number tem validade de acordo com a validade do seu work permit, portanto se renovar sua permissão de trabalho, é necessário atualizá-lo também.

– Não é mandatório, mas ter um SIN number te ajudará na hora de abrir uma conta bancária ou alugar uma casa.

Curiosidade:

Quem não é canadense tem o 9 como primeiro número do SIN number. É assim que  facilmente identificam se você é estrangeiro ou canadense.

 

 

 

Infográfico: Média de salário$ no Canadá!!

Quem tem planos de morar no Canadá, sempre fica curioso em saber qual a média salarial de algumas profissões.

Fizemos um levantamento geral de todas as proviíncias e fizemos uma média do quanto se ganha por hora em alguns cargos com bastante procura pelo Canadá.

 

 

 

 

Afinal, o que é o PGWP?

O Canadá é um dos destinos preferidos para alunos do mundo todo, seja para cursos de línguas (inglês e francês), Colleges ou Universidades.

Além de suas provícias apresentarem elevado índice de qualidade de vida, segurança e estabilidade econômica, as Instituições de ensino são muito boas e com preço relativamente mais baixo que outros países, como os Estados Unidos, por exemplo.

Outro fato que gera bastante interesse de alunos internacionais é que algumas instituições de Ensino Superior no Canadá , com carga horária full-time, permitem que o aluno trabalhe part-time durante os estudos, e depois de graduado, em alguns casos específicos, aplique para o Post Graduation Work Permit.

Mas afinal, o que é o PGWP que tanto se fala por aí? Quem é elegível para aplicar?

Work Permit

Post Graduation Work Permit Program

O Post Graduation Work Permit (PGWP), é um documento que permite que alunos graduados em Instituições de Ensino Superior, com carga horária equivalente a full-time, duração superior a 8 meses e registradas pelo Governo canadense (Universidades e Colleges públicos, geralmente) apliquem para tentar conquistar a tão valiosa experiência de trabalho canadense.

Ou seja, após se graduarem em uma Instituição de Ensino Superior Pública Canadense, o aluno torna-se elegível para aplicar para este programa.

Quando (e se) aceito pela imigração, o aluno graduado poderá ter a permissão de trabalhar full-time durante um período de até 3 anos.

Vale lembrar que tanto o próprio PGWP como a sua duração depende única e exclusivamente dos Oficiais de Imigração do Canadá e das regras vigentes no período da aplicação do mesmo.

E se você também quer morar e estudar no Canadá, é só clicar aqui. 

 

Fontes:

http://www.cic.gc.ca/english/resources/tools/temp/students/post-grad.asp

http://students.ubc.ca/career/resources/work-permits/post-graduation-work-permit