Guia do Intercâmbio na Irlanda

A Irlanda é um país receptivo e cheio de facilidades para quem sonha em fazer um intercâmbio. No entanto, como é de se esperar, é preciso cumprir com algumas burocracias para conquistar o visto de estudante.

Não basta só pagar o curso, seja de inglês ou alguma graduação, é necessário estar  com a documentação em dia.

A Nexus Intercâmbio criou um passo a passo para quem está se planejando ou acabou de chegar e está um pouco perdido com a papelada.

Primeira semana:

  • Número de celular

Se, no Brasil, você considerava terrível ter um número pré-pago, na Irlanda, tudo é diferente.

Existem diversas operadoras telefônicas para você escolher. Entre as mais populares, estão a Three e a Lyca Mobile.

A Three, por exemplo, está com uma promoção em que, ao carregar 20 euros em um número pré-pago, o cliente tem direito a internet 4G ilimitada, ligações gratuitas de Three para Three, torpedos ilimitados para qualquer operadora e ligações gratuitas nos finais de semana, para qualquer número dentro da Irlanda.

A Lyca, por sua vez, é a operadora mais indicada para quem deseja realizar ligações frequentes para o Brasil, pois o custo do minuto não ultrapassa a casa dos centavos, além das ligações gratuitas de Lyca para Lyca e, acredite, a grande maioria dos brasileiros possuem um chip Lyca, pois muitos recebem um chip gratuitamente assim que chegam ao aeroporto.

Vale a pena ir a uma loja e comparar as operadoras para escolher a que mais se identifica.

Procure fazer isso no primeiro ou segundo dia, pois, para dar andamento aos processos de abertura da conta bancária eretirada do visto de estudos, você precisará fornecer seu telefone.

  • Endereço fixo

Para dar andamento aos processos, também é necessário que o estudante possua um endereço fixo para declarar como seu.

Esse endereço poderá ser alterado, porém, o mesmo endereço deverá ser fornecido ao banco, à escola e à Imigração. Caso deseje alterar, deverá informar a todos os locais sobre sua mudança.

Por isso, se chegou à Irlanda e não tem uma residência fixa, peça a ajuda de conhecidos ou até de sua agência para saber se pode usar o local. Lembre-se de que sua senha e cartão de banco chegarão ao local informado, então precisa ser um ambiente de total confiança.

Caso não saiba onde procurar, seguem algumas dicas da Nexus Intercâmbio:

Para quem quer alugar um imóvel do zero:

www.daft.ie
www.rent.ie

  • Para encontrar vagas de quartos:

Facebook:

Existem vários grupos, como o Classificados Dublin e Classificados Irlanda Toda. Lá, diariamente são postadas vagas de quartos.

  • Primeiro dia na escola

Independente de qual seja a escola em que você vai estudar, é comum que seja realizada a prova de nivelamento (oral e escrita) e um dia de orientação, no qual os professores explicam as regras do instituto de ensino e a estrutura do local. Fique atento aos dias em que estas orientações acontecerão, para que você não perca as datas. Caso tenha dúvidas, procure sempre ajuda na escola com o seu agente de intercâmbio.

Aproveite para fazer o requerimento de suas cartas para:

  • Abertura de conta bancária
  • Solicitação da carteira de estudante da Trinity College
  • Retirada do GNIB

Peça também a confirmação de seu seguro saúde.

Segunda semana:

Normalmente, as cartas requisitadas na escola demoram cerca de uma semana para ficarem prontas, mas isso pode variar muito de escola para escola. Em alguns casos, as cartas podem ficar prontas no mesmo dia.

Enquanto isso, vale a pena se focar em encontrar uma residência fixa.

Com a carta do banco em mãos, abra sua conta.

Atualmente muitos bancos aqui na Irlanda estão exigindo um  agendamento prévio. Sendo assim, chegue no local no horário marcado e sem atrasos.

Leve passaporte e a carta da escola que confirme que você está estudando.

Fique atento às taxas de cobrança e peça por uma conta de estudante para não correr riscos.

Terceira semana

O banco deverá enviar sua senha e cartão de débito para o endereço informado. Caso isso não ocorra dentro do prazo informado, vá novamente à sua agência bancária e explique o problema para um funcionário.

Com ambos em mãos, procure a agência e faça o depósito dos 3.000 euros exigidos pela Imigração.

Atente. Não faça o depósito antes de ter cartão e senha na mão, pois você corre o risco de ficar com o dinheiro preso na conta se não tiver ambos em seu poder.

Após um dia do depósito dos 3.000 euros, já é possível fazer o requerimento do extrato bancário, pois ele será o documento que vai garantir sua retirada do GNIB.

Quarta semana

Em média, o banco demora uma semana para enviar o extrato para o seu endereço.

Com ele em mãos, dirija-se ao posto de Imigração, localizado no 13/14 Burgh Quay, Dublin 2. Caso não esteja residindo em Dublin, confira os postos de atendimento em no site http://www.garda.ie/Stations/Default.aspx.

Lá, são distribuídas as senhas para atendimento. Uma nova regra, imposta nessa semana, acordou que a solicitação para vistos acontece somente segunda-feira e terça-feira. Para quem quer renovar o visto, o GNIB atenderá quartas, quintas e sextas-feiras.

A Nexus Intercâmbio aconselha que o estudante chegue o mais cedo possível para retirada da senha, pois há relatos de pessoas que não conseguiram e tiveram de voltar outro dia.

Com a mudança no visto de permanência, a concorrência está ainda maior. Algumas pessoas estão chegando na noite anterior. Por isso, programe sua ida ao GNIB e evite o estresse.

Leve livros e forma de se entreter, pois a espera pode ser longa.

Chegando ao local, o funcionário deverá preencher seu cadastro, checar sua documentação (Passaporte, carta da escola, carta do banco, extrato bancário, seguro saúde, residência, número de telefone) e você tirará suas digitais e pagará a taxa de 300 euros do GNIB (pode ser pago com o cartão de débito do banco irlandês ou dinheiro).

O GNIB sai no mesmo dia.

Com GNIB, cartão do banco, cartas em mãos, a saga do visto terminou.

Agora, dedique-se a encontrar um emprego ou uma residência fixa e aproveite a realização de seu sonho.

dublin

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a Nexus Intercâmbio ou procure o Ricardo Barros, nosso consultor que reside em Dublin.

As novas regras de intercâmbio na Irlanda

A partir do dia 1° de outubro, as regras para intercâmbio na Irlanda vão mudar. Porém, não há motivos para se desesperar. Para quem está decidido a fazer o intercâmbio, ainda dá tempo de conseguir o visto de um ano, basta agilizar o processo de retirada do GNIB, o documento que permite a permanência e o visto de trabalho de imigrantes no país.

Para quem só chega depois de outubro, fique tranquilo. Os brasileiros ainda são (muito) bem-vindos à Ilha da Esmeralda e continuarão podendo estudar e trabalhar.

A Nexus Intercâmbio responde abaixo as principais dúvidas sobre as novas leis de imigração:

O que muda?

A alteração mais importante é que o visto, anteriormente válido por um ano, passará a ser de oito meses, sendo seis de duração do curso e dois de férias.

Qual escola escolher?

A Nexus trabalha com escolar certificadas pelo selo ACELS, que garante proteção total aos alunos e qualidade de ensino. Consulte nossos assessores e receba informações sobre a infra-estrutura, estilo de ensino, localização e valores de cada uma delas.

Vale lembrar que a tabela de preços sofrerá reajustes. Por isso, faça sua cotação o mais rápido possível e garanta os melhores preços.

E para renovar?

Para quem já está na Irlanda e deseja renovar este é o último mês para conseguir o visto de até um ano. Para isso, escolha uma escola com o certificado da ACELS e renove seu GNIB antes de 1° de outubro. Temos um representante em Dublin que poderá ajudar a escolher a escola e o curso certo para o seu novo ano na Irlanda.

Eu ainda posso trabalhar?

Desde 2015, a lei permite que o estudante trabalhe 20 horas semanais (chamado de visto “part-time”). Porém, durante o verão (de 1° de maio a 31 de agosto) e no fim do ano (de 15 de dezembro a 15 de janeiro), são permitidas 40 horas semanais (chamado de visto “full-time”). A regra continua valendo, mesmo após as mudanças no período de visto.

Para quem se preocupa com essa questão, não é preciso. Os irlandeses são extremamente compreensivos e receptivos com os vistos de trabalho “part-time”. Diversas vagas são voltadas aos estudantes que não possuem permissão para trabalhar as 40 horas semanais.

Como funcionará o processo?

Nada muda no processo de retirada do visto. Para cursos rápidos, de até três meses, o visto de turista é suficiente, não sendo necessária a retirada do GNIB, documento que permite a permanência e direito de trabalho ao estudante. Porém, para quem escolher esse tipo de curso, é proibido trabalhar.

Para quem deseja um curso de 25 semanas, é necessária a retirada do GNIB, cujo valor é de 300 euros, assim como a comprovação de 3.000 euros exigida para a permanência no país.

Ainda tem dúvidas sobre o processo? Não sabe qual escola escolher? Entre em contato com a Nexus Intercâmbio e conte com a nossa ajuda!

Para quem já está em Dublin, encontre nosso representante local, Ricardo Barros! Envie um e-mail para ricardo@nexusintercambio.com.br e agende uma conversa sobre seu próximo passo na Ilha da Esmeralda.

Rio Liffey, em Dublin

Rio Liffey, em Dublin