Nexus Intercâmbio

Meu primeiro dia de aula no BCIT – by Nathalie Matuk

Quem nunca sentiu um frio na barriga no primeiro dia de aula na faculdade? Agora imagina no primeiro dia de aula em um college canadense. Passei dias me preparando psicologicamente para o começo das aulas, remoendo se eu conseguiria entender o professor, os colegas de classe… Será que eu conseguiria apresentar um trabalho lá na frente? Ansiedade que ia aumentando conforme este dia se aproximava, mas antes mesmo de pensar nisto tudo, passei meses me organizando para a realização deste sonho. E assim, aceitei o convite da Nexus Intercâmbio, e vim até aqui contar a história para vocês. A escolha do college foi meio óbvia pra mim, já tinha o BCIT na cabeça por recomendação dos próprios amigos canadenses que enchiam a bola da faculdade: If you wanna get a good job, go to BCIT. Ok, let´s give it a try! E aí outros beneficios se uniram a isso: boas condicões de pagamento, localização, flexibilidade de aulas a noite, post graduation work permit… Enfim, vamos lá. O curso escolhido tinha que ser na minha área de atuação, então optei pelo Marketing Management, part time. Já tinha estudado isso no Brasil e definitivamente é a minha praia. O processo todo foi tão rapido e fácil que quando me dei conta, lá estava eu super nervosa, no meu primeiro dia de aula.O primeiro dia foi bem mais traquilo do que imaginei. Consegui entender tudo que o professor falou, yesssss! Identifiquei dois brazucas na sala, mas ninguém falou com ninguém. Observei até um certo distanciamento no ar, algo do tipo: sorry mas eu vim aqui para estudar, falar inglês e, de preferência, fazer contatos com canadenses. Tudo muito lindo na teoria, até o professor passar o trabalho final de curso. Na semana seguinte, os brazucas já estavam se falando, óbvio. Todos no mesmo barco e ansiosos por trocar primeiras impressões e experiências. Primeira percepção geral e unânime: Caramba, é muita coisa para ler. E é mesmo. Eu lembrava dos filmes americanos que via na minha adolescência, o professor falando, lançando a matéria, passando o livro e boa sorte pra vocês, garotada! Vai ler e entender melhor do que estou falando! Bem, a realidade nao é nem um pouco diferente dos filmes. Na minha primeira semana de aula, fazendo 3 matérias por semestre, eu ja tinha around 300 páginas para ler. Tentei ser caxias e ler as 300 páginas de primeira. Com o tempo, já deixo a dica, faça os highlights dos pontos mais importantes mencionados nas aulas e leitura dinâmica do resto. O BCIT trabalha muito com slides, o que deixa uma pista interessante sobre os pontos mais importantes abordados pelo professor. Traduzindo, vai cair na prova, então atençao nos slides para fazer uma leitura válida do livro e aprofundar nestes pontos importantes.

Um outro ponto que acho importante comentar sobre os canadenses na sala de aula, eles são participativos! E aí pela vergonha de falar, ou pela dificuldade da língua, os brasileiros perdem um pouco neste sentido. Muitas aulas as vezes me dão a impressão de estarmos num grande bate papo, onde o professor quer conhecer o background dos alunos e dos diferentes lugares de onde cada um vem. Eu estou tentando quebrar a vergonha e responder algumas coisas também. Não me parece que o professor esteja muito preocupado com o primor do meu inglês, mas sim com minha vontade de colaborar e participar. Então, fica mais essa dica!

Mais um detalhe que eu realmente me encantei foi a organização de alguns professores e matérias. Primeiro dia de aula, regras na mesa. Quando é a primeira prova, qual trabalho será de fim de curso, qual peso de presença, participação nas aulas, nota de prova, nota de trabalho, coisa linda de ver a organização. Está tudo lá escrito e detalhado, ou seja, você só dá bola fora se quiser. O trabalho de fim de curso foi tão bem explicado, com templates de como poderia ser escrito e abordado, como deveria ser apresentado, que confesso, me senti segura. Me lembrei da minha facul no Brasil, que ficava tentando adivinhar qual caminho o professor queria que escolhêssemos. Não tem achismo, está tudo lá, é só ler e seguir as regras. Ponto para eles.

Enfim, para terminar, gostaria de dizer que já me perdi umas duas vezes no campus de Burnaby. Ô lugar grande! Mas agora me muni de um mapa e com ele consegui até achar um Tim Hortons para um café antes da aula. O campus é gigantesco e com uma estrutura maravilhosa, tem até sala com puffs pra gente estudar. O campus de downtown é de fácil acesso e dividi minhas aulas entre os dois, super hands on, nada a reclamar.

Estou amando minha experiência e essas são só minhas primeiras impressões, tem muita coisa ainda para aprender e uma lista enorme ainda para compartilhar. As primeiras provas estão chegando e mais frio na barriga esta por vir, mas já aceitei que vai ser assim durante um bom tempo. No fim das contas, sair da zona de conforto deixou de ser uma eventualidade e passou a ser um novo estilo de vida pra mim. Para quem está neste mesmo barco, comente e compartilhe por aqui também sua experiência. Vamos conhecer uns aos outros e trocar dicas e figurinhas para fazer bonito nesta terra canadense.
See you, guys!

11 respostas
  1. Sebastian Perez
    Sebastian Perez says:

    As salas de computadores também são muito boas e estão espalhados pelo campus todo. Todos os computadores são bons para fazer trabalhos e pra quem precisa de mais potência como por exemplo renderização de vídeo e/ou animação, tem acesso 24/7 aos 75 (talvez mais) dos mais avançados Mac desktops no 1o andar do prédio SE 14 (pra baixo da library). E também todos os estudantes tem direito de alugar (de graça) qualquer equipamento para produção de multimidia (tripods, monopods, microphones, lighting setups, etc.) Tablets da bamboo também estão disponíveis.

    Sem contar que qualquer problema que você tenha com o computador, eles têm telefones em todas as salas de computador que conectam diretamente com o departamento de assistencia técnica e em 5 minutos alguém aparece para ajudar.

    Responder
    • Nathalie Matuk
      Nathalie Matuk says:

      Olá Danilo,

      Não sei os valores exatos, mas o primeiro ano paguei em torno de CAD $9,200 e no segundo ano (que são apenas mais dois terms e não três) em torno de CAD $7,300.

      Responder
  2. VIvian Garcia
    VIvian Garcia says:

    Uau! Estava em dúvida sobre optar pela faculdade, mas já estou convencida de que estou fazendo a escolha certa.
    Não vejo a hora de estar aí com vocês e passar por esses friozinhos na barriga também.
    Só uma dúvida Nathalie, seu curso é full time ou part time?
    Boa sorte nas provas!!!

    Vivian

    Responder
  3. Wagner Amaral
    Wagner Amaral says:

    Olá Nathalie, excelente seu post. Parabéns.
    Escolhi também a BCIT como meu objetivo de estudo. Estou pesquisando bastante mas fiquei com algumas dúvidas quanto ao processo de seleção. Para o curso que escolhi (Computer systems Technology), vi que necessitam de uma prova de matemática. Sabe me dizer se a prova é aplicada somente no campus? Você têve que fazer algo do tipo?

    Ainda, tem ideia da concorrência e como é o processo de seleção?

    Desculpe pelas inúmeras perguntas, mas são dúvidas pertinentes.

    Muito obrigado e sucesso nos estudos!!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *